Conheça os principais conferencistas do 12º Encontro Nacional de Arquitetura e Arte Sacra que acontece de 17 a 21 de setembro de 2019, em Castanhal, PA.

As inscrições vão até 31 de agosto de 2019. Clique no link a seguir para se inscrever: 12º ENEAAS

Pe Marko Ivan Rupnik

Nascido esloveno em Novembro de 1954, Marko Ivan Rupnik é jesuíta desde 1973 e padre desde 1985. Vive desde 1991 em Roma, onde dirige o Centro Aletti (www.centroaletti.com), dedicado à arte e espiritualidade. Estudou na Academia de Belas Artes de Roma, doutorou-se com uma tese sobre o significado missionário da arte e tem-se destacado pelo trabalho em mosaico, tendo exposto em muitas cidades e recebido vários prémios internacionais.
Além das mais de três dezenas de livros que publicou, em áreas como a arte, espiritualidade e Bíblia, assinou também mais de meia centena de obras, entre as quais o presbitério da Igreja de Saint-Martin de Troyes (França), a capela do noviciado de Kolín (República Checa), as capelas da nunciatura apostólica em Paris (França) e Damasco (Síria) e a sacristia da Catedral de Madrid (Espanha). A Capela Redemptoris Mater, no Palácio Apostólico do Vaticano (1999), construída a pedido de São João Paulo II, é uma de suas obras mais marcantes. No Brasil, está à frente do programa iconográfico da Catedral de Castanhal-PA.


Maria Campatelli

Maria Campatelli nasceu em 1962 em Poggibonsi, na Toscana. Ela se formou em Literatura e em História na Universidade de Siena e posteriormente graduou-se em Teologia. Doutorou-se em teologia pelo Pontifício Instituto Oriental em 1998 com uma tese sobre Sergej Bulgakov. Trata do Oriente cristão e é sua convicção de que as tradições das Igrejas Orientais, impulsionadas pelas questões presentes no mundo contemporâneo, podem contribuir para que a pastoral da Igreja seja frutífera no mundo ocidental. É diretora da Editora Lipa e do Atelier do Centro Aletti.


Dom Marco Busca

Dom Marco Busca nasceu em Edolo, província e diocese de Brescia, no dia 30 de novembro de 1965. Foi ordenado sacerdote em 8 de junho de 1991 para a diocese de Brescia. Doutor em teologia pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma, com tese sobre o Sacramento da Reconciliação. No dia 3 de junho de 2016, o Santo Padre o Papa Francisco nomeou-o Bispo da diocese de Mântua. Colabora ainda de forma permanente com o Centro Aletti de Roma.

Deixe uma resposta